Abadia de Westminster

Duração: 1.5 Horas

Este é o lugar de coroação da monarquia britânica, o local de enterro de Charles Dickens Charles Darwin e muitas outras pessoas famosas. Eu vou mostrar-lhe o lugar onde a pessoa mais velha na Inglaterra foi enterrado (um homem de 150 anos de idade!).

O primeiro lugar de culto no local onde hoje se encontra a Abadia de Westminster foi fundado no ano 616 após um pescador do Rio Tâmisa ter tido uma visão de São Pedro. Na década de 970, São Dunstan da Cantuária fundou no local uma comunidade de Monges Beneditinos, mas só entre os anos de 1045 e 1050 é que foi construída a abadia em pedra pelo rei Eduardo, o Confessor, que aqui foi enterrado após a sua morte. A abadia foi consagrada em 28 de dezembro de 1065.

O rei Henrique III modificou a Abadia, adotando um estilo gótico anglo-francês, mas as obras só terminaram no reinado de Ricardo II. Em 1503, Henrique VII adicionou uma capela dedicada à Abençoada Virgem Maria.Em 1534, Henrique VIII aprova o Ato de Supremacia pelo qual separa a Igreja da Inglaterra da Igreja Católica e entre 1538 e 1541, levou a cabo a Dissolução dos Mosteiros em Inglaterra, País de Gales e Irlanda, confiscando as suas propriedades. A essa altura, a Abadia de Westminster era a segunda mais próspera de Inglaterra, a seguir à Abadia de Glastonbury, com um rendimento anual entre as £2400,00 e £2800. Em 1540 deu à Abadia o estatuto de catedral, estabelecendo a diocese de Westminster.

Durante o reinado da católica Maria I, a Abadia foi devolvida aos Beneditinos que voltaram a ser expulsos durante o reinado de Isabel I. Esta transformou-a na Colegiada de São Pedro, diretamente dependente da Coroa e não do Bispado, sendo assim uma Royal Peculiar.As duas torres da abadia foram erguidas entre 1722 e 1745 e projetadas por Nicholas Hawksmoor. Até ao século XIX, a Abadia era o terceiro estabelecimento de ensino superior na Inglaterra, após Oxford e Cambridge. Nesta Abadia foi concretizada a tradução de parte da Bíblia do Rei James.

Ao longo dos séculos tem tido um papel relevante na história da Inglaterra e do Reino Unido, como palco de inúmeras coroações e casamentos reais. Muitos monarcas britânicos e membros da família real estão sepultados na Abadia.

This post is also available in: Inglês Espanhol Italiano Russo